Feijoada e macaron, sim, por que não?

Sabor é uma das coisas que mais marca minha vida. A descoberta de novos, o reencontro com os antigos, e tudo o que acontece entre esses dois fazeres me traz um encantamento sem tamanho.

Depois de um dia super cansativo, hoje meu jantar foi feijoada com coelho, acompanhada de vinho; e a sobremesa, macaron. Aparentemente, nada combina, certo? Mas é só aparentemente mesmo.

Enquanto estava comendo o feijão, meu pensamento era um só: vou dormir com esse gosto na boca, porque eu mereço. Mas o vinho estava tão delicioso, que eu comecei a pensar que, se o último gosto fosse o dele, não teria problema.

Então comi o macaron de vinho Pedro Ximenez, versão limitada de Pierre Hermé para o Natal e eleito o meu preferido da temporada.

Como tenho o bom hábito de escovar meus dentes antes de dormir, o último gosto na minha boca vai ser de pasta de dente, por óbvio. Mas só de ter podido perceber os sabores e as texturas da noite, todo o cansaço foi recompensado.

Aliás, estou sendo muito feliz nessa viagem, no que toca as escolhas que tenho feito, mesmo quando não gosto muito de alguma coisa. A chance de conhecer lugares novos e provar novos temperos é o que me move. Definitivamente, é uma das coisas que mais enche minha vida de alegria.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s