Aix-en-Provence

Hoje o dia foi em Aix, uma das cidades mais charmosas que conheço. A ideia era aproveitar o mercado de Natal e a feira livre que acontece aos sábados pela manhã.Cheguei e dei de cara com Cézanne, que é o filho querido da cidade. Mas dessa vez não inventei de ir à casa dele, porque basta uma decepção na vida da pessoa, certo?IMG_9635Mas a gente vai andando e a cidade vai se mostrando linda e pronta para receber o mundaréu de gente que a visita nessa época do ano.IMG_9642IMG_9644IMG_9648IMG_9653E aí a gente anda e dá de cara com calisson, o doce típico de Aix, feito de pasta de amêndoa, laranja e melão. Eu não gosto, mas acho que vale a pena experimentar, nem que seja para ter uma opinião.
IMG_9654 IMG_9655Andando mais um pouco, me deparei com umas cerâmicas lindas de viver e, com toda a contenção do meu ser, comprei dois bowls pequenos. Era muita lindeza para o meu coração.

IMG_9659IMG_9661Em seguida, foram os sabonetes de Marseille que chamaram minha atenção. Eu sei, deveria procurar por eles em Marseille, mas os de Aix eram mais bonitos e mais perfumados. Sinto muito, mas compro sabonete cheiroso. Tenho horror aos que não tem cheiro ou fedem. E nesse stand ainda tinha sabonete de pomegranate, nossa romã, e eu estou meio apaixonada pela fragrância.

IMG_9664IMG_9667

IMG_9666E aí passeamos um tanto mais até chegar à feira de comida, onde quase me acabo. Comprei salsicha temperada com lavanda (torcendo para prestar), fava de baunilha, coelho para o jantar, queijo conté, voltei à Les Délices du Luberon, conheci a Aix & Terre e outros lugares que vendem azeites appellation d’origine protegé (comprei de Beaux de Provence, Aix-en-Provence,  Nyons e Vallongue), a Real-Chocolat, uma loja de chocolate maravilhosa, e mais um monte de coisa fantástica.

IMG_9671IMG_9676IMG_9678IMG_9680IMG_9773IMG_9737IMG_9736IMG_9738IMG_9740IMG_9765IMG_9785Para almoçar, convenci Ralfo a ir ao mesmo lugar onde comi o squid delicioso em junho e ainda bem que fiz isso. Comemos o plat du jour, que custou 13 euros: rosbife com purê de batata e molho de cogumelos (souce forestière = vem de forêt, que é floresta em francês, e os cogumelos vêm da floresta, sacou?).

A carne estava macia para um rosbife, o molho acentuava muito bem o sabor dos cogumelos e o purê de batata estava do jeito que eu gosto: mais consistente do que a média, quando a batata é amassada mais rusticamente, sabe como?

IMG_9703 IMG_9693 IMG_9697

IMG_9690IMG_9691

Como nem só de comida se vive, flanamos um pouco também, até para perder ao menos um por cento das calorias ingeridas no almoço e nas degustações disponíveis nas lojas. Vimos um coral no meio de uma praça, uma cerimônia de casamento e um monte de gente fazendo a mesma coisa que nós: observando e absorvendo Aix.

IMG_9725IMG_9729IMG_9682IMG_9744IMG_9747IMG_9751IMG_9757IMG_9756IMG_9704IMG_9684IMG_9786E, quando estávamos indo embora, a Cours Mirabeau estava toda iluminada e eu feliz demais. Foi realmente um bom dia.

IMG_9790

Anúncios
Esse post foi publicado em Comida, Diversao, Turismo e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s