Dia de faxina

Tinha certeza de que passaria a manhã estudando. Nadege, entretanto, tinha outros planos para mim.

Nadege é quem me ajuda em casa e salva minha vida. Depois que ela apareceu, posso entrar no meu quarto sem espirrar até morrer, por exemplo. Hoje ela resolveu que eu precisava dar um jeito na bagunça de um dos quartos. Tinha mesmo.

Passei umas duas horas abrindo pastas e rasgando papel. Fazia tempo que não rasgava tanta coisa. Na verdade, mesmo sabendo da necessidade de organizar meus espaços, escolhi não olhar para nada que dissesse respeito à minha última mudança.

Encontrei cartas antigas, blocos de anotações, cadernos da época da primeira faculdade, fotos de um passado do qual já tinha me esquecido. Cancelamento da minha inscrição na Ordem, portaria de posse no Tribunal, matrícula na UFRN, documentos do apartamento. Literalmente, tudo junto e misturado.

Cada coisa foi me levando a um momento específico e eu estava achando tudo engraçado, até encontrar o álbum do meu aniversário de 25 anos. Devia pesar uns 57 quilos, tinha mais cabelo e unhas compridas. (A título de comparação, peso 64 quilos, tenho cabelos mais ralos do que gostaria e unhas cotós.)

Tão estranho olhar para o retrato de um dia de que me lembro tão bem. Não foi meu aniversário mais feliz. Na verdade, foi um dos mais decepcionantes. Meu dia 30 de novembro de 2004 não foi nem de longe como o imaginei quando fui dormir no dia 29.

Quase todas as minhas expectativas foram frustradas, mas estava sorrindo mesmo assim. Existem fotos que comprovam isso. Nove anos se passaram e percebi que algo não mudou: eu continuo sorrindo, mesmo quando não é isso que quero fazer.

Mas, ao me deparar com minha vida como ela era, eu chorei. Chorei de tristeza, por ter me permitido tanta coisa sem a qual poderia ter vivido bem melhor.

Ainda bem que o tempo passa e tudo se acomoda. E ainda bem que Nadege me deu a chance de me lembrar disso hoje. Graças a ela vou terminar esse ciclo um pouco mais leve.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s