Ainda estou aqui

E a vontade que eu tenho, bem honestamente, é de permanecer por aqui.

Nesse minuto, estou no Union Jacks, em Covent Garden, fazendo hora para daqui a pouco assistir a The War Horse, pensando no quão afortunada sou. Feliz, sabe? E morrendo de vontade de chorar.

Há dois dias cheguei à conclusão de que não sinto falta de coisa alguma que deixei em casa. Que fique claro: das coisas. Minha casa, minha cama, minha roupa preferida (que eu nem mais qual é). Não sinto falta de nada.

Sinto falta de pessoas, mas elas estão comigo sempre, mesmo com a distância física, então essa parte não é tão ruim.

O fato é que eu realmente não quero voltar. Vou voltar, claro. Não porque quero, apenas porque preciso. Tenho minhas responsabilidades e a vida real me esperando para recomeçar tudo em exatamente duas semanas.

Agora, em vez de pensar nisso, vou tomar uma cerveja gelada, mesmo com a chuva e o friozinho que resolveram aparecer hoje, e comer uma porcaria deliciosa, que é o melhor que eu faço!

20130805-184806.jpg

Anúncios
Esse post foi publicado em Abobrinha, Me, mim, comigo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s