Le cours est fini – ou como champanhe é perfeito para momentos especiais

Sempre ouvi e li que champanhe é a bebida para se tomar em qualquer ocasião, com qualquer humor e com qualquer intenção.

Na minha cabeça, champanhe sempre foi sinônimo de comemoração. Nunca pensei em bebê-lo num momento de tristeza, por exemplo. Até hoje.

Minhas aulas na Sorbonne acabaram e as meninas foram todas viajar no final de semana. A maioria vai embora em seguida. Eu também viajo segunda, para um outro curso em Londres.

A vida segue, comme il faut. Infelizmente, essa compreensão não facilita muito as coisas e o fato é que hoje, em vez de sentir alívio pelo fim do curso, senti muita tristeza.

Ekatarina, uma russa super inteligente que conheci na escola, chorou mais cedo. Na hora não entendi direito, mas agora o que vi faz sentido.

Foram só três semanas. É pouco tempo. Mas é suficiente para muito.

E, pensando em tudo isso, resolvi tentar descobrir como é beber champanhe acompanhada apenas de tristeza.

Posso dizer? Com muita sinceridade? É uma bosta! Beber champanhe sozinha e chorando é das coisas mais deprimentes que já inventei de fazer! E eu já fiz muita coisa deprimente nessa minha vida, viu?

Champanhe, para mim, sempre será sinônimo de algo bom, sem dúvidas. E agora, apesar de não estar amando a ideia de beber sozinha, estou me lembrando dos ótimos momentos que dividi com pessoas tão especiais. Então, no final das contas, até que foi bem apropriado abrir a garrafa e me acabar com ela.

Continuo com saudade de todas, especialmente de Camila, Regina, Thaluane, Ana Lícia, Thaísa, Bia e Bruna, que dividiram comigo momentos de muita alegria e aprendizado. É uma pena não ter nenhuma delas aqui agora.

E agora? Vou tentar dormir, que é o melhor que eu faço.

20130726-230813.jpg

20130726-231106.jpg

20130726-231118.jpg

20130726-231223.jpg

20130726-231144.jpg

20130726-231128.jpg

20130726-231201.jpg

Anúncios
Esse post foi publicado em Amigos, Aprendizado, Me, mim, comigo. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Le cours est fini – ou como champanhe é perfeito para momentos especiais

  1. Ana Licia Borges disse:

    Amiga, foi uma pena, chorei sozinha se soubesse disso tinha combinado pra chorar juntas, já que sorri foi fácil! Beijinho e saudade! Adorei te descobrir aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s