Musée Jacquemart-André

Semana passada fui ao Musée Jacquemart-André para ver a exposição de Eugène Boudin, em cartaz até o próximo 22 de julho.
20130717-002947.jpg20130717-003036.jpg20130717-003058.jpg20130717-003131.jpg20130717-003520.jpg

Eugène Boudin é considerado um dos precursores do impressionismo e Monet o tinha como mestre. Apaixonado por praias, principalmente as da Normandia, Boudin as retratou em inúmeros quadros, com e sem pessoas; além de ter pintado muitos mares, barcos e pores do sol. Não conhecia sua obra e fiquei muito impressionada (só percebi o trocadilho infame depois que reli o que escrevi e resolvi deixar como está).

O museu é lindo e é uma pena eu ter sido obediente e não ter batido fotos para colocar aqui.

Como nem só de arte se vive, no museu tem um café muito charmoso, com uma vista linda para o jardim, e eu resolvi entrar para comer alguma coisa. Sentei na varanda e pedi uma torta de morangos frescos e creme de pistache.

20130717-003833.jpg

20130717-003822.jpg

20130717-004309.jpg

20130717-003919.jpg

20130717-003904.jpg

Essa torta não estava apenas linda, minha gente! Estava deliciosa! A massa tinha um sabor bem suave, um pouco salgado, sem brigar com o creme de pistache, que estava perfeito. Os morangos estavam super frescos e, apesar do calor, permaneceram assim. Achei a torta linda, mas pedi com medo de as frutas terem passado do ponto. Ainda bem que arrisquei.

As amêndoas e o açúcar tiveram papel apenas decorativo, na minha opinião, o que não é ruim.

Se não me engano, a torta custou 9 euros. Não, não é barato. Principalmente porque se trata de um lugar turístico, sem chef patissier conhecido. Apesar disso, acho valeu muito a pena, porque ela estava muito boa mesmo.

E, voltando um pouco a fita, o acervo do museu também é muito bonito e a visita ao local é algo que recomendo. No Jacquemart-André, literalmente, alimentei meu corpo e minha alma, numa tarde memorável.

Anúncios
Esse post foi publicado em Aprendizado, Comida, Cultura, Turismo. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Musée Jacquemart-André

  1. Ai como eu adoro esse museu e a floricultura que tem na esquina dele. Agora só preciso ir ao café, que estava lo-ta-do quando fomos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s