Paris 6

Antes de voltar a Natal, depois do final de semana que passei em São Paulo por causa do show do The Cure (que foi lindo lindo lindo), fui almoçar com meu irmão e escolhemos o Paris 6, um bistrô que fica na Haddock Lobo e sobre qual já ouvi muita coisa boa.

Chegamos lá e o lugar estava lotado, com fila de espera e a hostess não tinha previsão de quando poderíamos conseguir uma mesa. Expliquei que tinha hora contada por causa do voo e ela sugeriu o Petit Paris 6, a versão reduzida, como o próprio nome sugere, do Paris 6, que fica logo na esquina da Haddock Lobo com a Alameda Lorena. Sugestão dada, sugestão aceita.

O Petit Paris 6 é bem pequeno, com umas dez mesas, mas muito lindo, e dispõe de 70% das opções do cardápio do Paris 6. Posso dizer que me senti numa casa de boneca, porque tudo é lindo.

20130416-164001.jpg

20130416-164027.jpg

20130416-164111.jpg

20130416-164134.jpg

20130416-164215.jpg

Para comer, escolhi o Stake Tartar (minha obsessão por esse prato vai ser compreendida logo logo). Com filé mignon, estava muito bom, bem temperado.

20130416-165331.jpg
Impossível não comparar com o do Tartar&co. Na verdade, ambos são excelentes e, como o filé não foi o grande diferencial, o tempero do Tartar&co acaba fazendo com que o de lá seja o meu preferido.

Romeu pediu um risoto de pato com arroz negro e um molho que eu acho que era de laranja (não me lembro de jeito nenhum). Pense num negócio delicioso! Descobri que não sou muito fã de risoto e fiquei impressionada com esse prato. Ma-ra-vi-lho-so!

20130416-165902.jpg

De sobremesa, fui de Diletto de morango, meu picolé favorito em todo o universo. Na verdade, na minha cabeça um crème brûlée seria mais apropriado, mas não tinha nenhuma opção disponível.

Tomei um suco, meu irmão foi de refrigerante e a conta foi R$ 126,00. Para os padrões de São Paulo, não achei absurdo, sem falar que a garçonete que nos atendeu foi simpaticíssima, atenciosíssima e educadíssima.

Antes que me esqueça, os pratos no Paris 6 e no Petit Paris 6 levam nome de gente famosa. O que escolhi, se não me engano, é o Stake Tartar Fafá de Belém. Não me lembro nem por cem e uma cocada do nome do que Romeu escolheu. Paciência! Isso é o que acontece quando a pessoa demora a escrever um post e não anota informações importantes.

20130416-171502.jpg

As fotos estão esse primor, porque a câmera não foi almoçar conosco. Foi mal aí!

Anúncios
Esse post foi publicado em Comida, Família. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s