Outra vida que começa

Desde ontem estou trabalhando na assessoria de comunicação do tribunal. Não vou dizer como me sinto desde que soube que essa minha aspiração se concretizaria, por uma razão muito simples: não sei.
Estou sem ter o que dizer, mas acho que meu sentimento tem a ver com aquela história que escrevi, de morrer e viver de novo, sabe?
Sabe quando você quer muito uma coisa, o negócio finalmente acontece, mas a ficha não cai? Está sendo bem assim. Não sei se a ficha não caiu em razão da rapidez com que tudo aconteceu, mas é possível que seja por isso mesmo. Só sei que não sei.
Tudo é novo, tudo é rápido e tudo é muito interessante. Estou muito curiosa e ansiosa pra aprender a lidar com situações inéditas e isso me deixa bem animada, principalmente levando em conta que minha primeira notícia publicada no site do tribunal tem a ver com os oitenta anos do Neves. Ok, não é uma notícia, porque é minúscula, e eu não escrevi tudo da minha cabeça, porque o início é padrão; mas, ao menos pra mim, tá valendo.

20120809-185921.jpg

Anúncios
Esse post foi publicado em Trabalho. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s