Um dia, outro dia

Meu povo, não é que hoje o negócio parece que andou??? Sei não, viu? O que um batom vermelho não fizer pela cara de uma pessoa apática, nada mais faz.

O que aconteceu? Objetivamente nada, subjetivamente tudo. Confuso, eu sei, mas é que, mais uma vez, não dá pra falar. É aquilo de aparecer alguma coisa no meio do furacão que me deixa felizinha, sorridinho, achando tudo mais colorido, esquecendo que ontem estava vendo tudo com tons de cinza.

Ainda bem que Deus me manda esses presentes de vez em quando. Tenho percebido de uma forma muito latente que, quando menos espero, recebo alguma coisa, por vezes minúscula, que muda meu foco e me faz lembrar do que há de bom no meu mundo.

Posso dizer que hoje, apesar de ontem e de antes de ontem e de antes de antes de ontem, está sendo um bom dia. Dias de palavras bonitas, vindas de pessoas que hoje estão bonitas e que, por causa mesmo disso, têm beleza para oferecer.

Estou tentando me lembrar sempre do que Ian Mecler fala sobre o aqui e o agora, sem me ater a qualquer coisa diferente, mas não é tão fácil quanto eu gostaria. Preciso treinar mais, na verdade, e pretendo fazer isso.

Mas agora, nesse minuto, o que importa é que consigo enxergar uma mesma situação com outros olhos, olhos de…

20120628-182134.jpg

Anúncios
Esse post foi publicado em Comportamento. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Um dia, outro dia

  1. Danielle disse:

    Vixe!! Amanda, não entendi…

    bjs,

    Dani Yeny

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s