Matei mais duas!

Não, não estou falando de baratas, mas de duas obras que li nas últimas semanas.
A primeira foi Clarice Lispector Jornalista – Páginas Femininas & Outras Páginas, de Aparecida Maria Nunes. O título é autoexplicativo e o livro é interessantíssimo, porque expõe um lado de Clarice Lispector pouco conhecido.
Gostei muito de saber que ela dava conselhos nas colunas dos vários veículos para os quais escreveu. Amei descobrir o quanto ela abominava a imitação que as mulheres que lhe foram contemporâneas faziam das famosas da época: ela achava, pura e simplesmente, que cada mulher tinha uma unicidade que deveria ser respeitada; e que a imitação poderia acabar ridicularizando a mulher, em vez de ajudá-la. Não preciso dizer que minha identificação com essa parte foi quase absoluta.
Por outro lado, Clarice (já me sinto íntima) achava que a mulher, para manter o marido, deveria ser dissimulada e subserviente, sem reclamar de (quase) nada, para não correr o risco de perdê-lo para outra mulher que assim se comportasse. Detestei essa passagem, por óbvio.
Mas nada disso importa: o livro é maravilhoso e me deu a oportunidade de descobrir coisas sobre Clarice que jamais imaginaria. Essa parte muito provavelmente foi a melhor.

O segundo livro é A Arte de Ser Leve, de Leila Ferreira. O mais importante que tenho a dizer sobre esse é que todo mundo deveria lê-lo. Infelizmente, não posso falar muito mais que isso por razões profissionais, mas recomendo muitíssimo a leitura.

20120204-000431.jpg

Anúncios
Esse post foi publicado em Literatura. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s