Chorona, sim, e daí?

Hoje estou com uma vontade de chorar do capeta. Eu sou chorona mesmo, fazer o que? Mas vi em tantos lugares o povo agradecendo pelas coisas que aconteceram esse ano que fiquei com muita vontade de chorar. Não é de tristeza. É de alegria, e muita.
Pelo que tenho visto, 2011 foi um ano muito legal para um monte de gente e eu me incluo nesse grupo. Muita coisa aconteceu e eu me vi muito feliz na maior parte do tempo.
Não, 2011 não foi perfeito. Minha vida esse ano ficou longinha da perfeição, tadinha. Mas, como eu acho perfeição sinônimo de chatice, posso afirmar que meu ano foi como deveria ter sido: um degrau para o próximo. E que degrau! Largo, imponente, pesado, maciço; do tipo que vai existir sempre, segurando os pés, esses sustentáculos que hoje estão particularmente cansados de ontem (ontem mesmo, 18), e servindo de base para o impulso de que eu preciso para o próximo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Chorona, sim, e daí?

  1. Luiz Antonio de Almeida disse:

    -Chore, não! Mesmo de alegria, chore não! Continue assim, determinada, decidida e confiante!
    -Com certeza, seu Ano Novo será maravilhoso, pois, você não espera, você vai à luta e, quase sempre pessoas como você conquistam tudo o que desejarem. Orgulho-me de sua amizade, menina linda!
    -Beijos do
    Luiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s